Rabi Eliahu Birnbaum – Parashat “Balak”: A solidão de um homem de fé – Casa dos Anussim

In: http://casadosanussim.shavei.org/2017/07/06/a-solidao-de-um-homem-de-fe/

Nesta porção da Torá nos deparamos com Balak Ben Tzipor, rei de Moav, que teme o avanço dos filhos de Israel à sua terra, sabendo que este povo é ajudado por uma força transcendental que emana da vontade de D’us. Uma força da qual ele não pode lutar contra e, assim, tenta buscar ajuda através de feitiços mágicos. Continue a ler (Continue reading)→

Tzivia Kusminsky – La alegría de mirar hacia arriba: Comentario a la parashá de Jukat – Beit HaAnussim

In: http://casa-anusim.shavei.org/2017/06/27/la-alegria-de-mirar-hacia-arriba-comentario-a-la-parasha-de-jukat/


En estas últimas semanas me he sentido un poco agobiada, aturdida. Soñaba con el momento de tomarme unas vacaciones y conectarme con la naturaleza.

Estaba sofocada por los carteles, las masas de información que nos invaden constantemente, incluso que no la busquemos, los infinitos mensajes de WhatsApp y los miles de emails en mi casilla de correo electrónico, con imperdibles artículos que debo leer si quiero ser una buena madre, una buena esposa, y en fin, una buena mujer. Continue a ler (Continue reading)→

Rabi Pinkhas Punturello – Comentário sobre a porção semanal da Torah – Acharei Mot / Kedoshim: Derrotando a inveja – Shavei Israel

Por Rabino Pinkhas Punturello
In: http://casadosanussim.shavei.org/2017/05/04/derrotando-a-inveja/

“Amarás o teu próximo como a Ti mesmo” Levítico 19:17.

Não há preceito mais difícil e mais profundo do que este. Para Rabi Akiva este preceito é a base de toda a Torá, é a expressão maior e mais completa. Ramban, ou Nachmanides, (Espanha-Israel 1194-1269) explica que o amor ao próximo como a nós mesmos é na verdade um mandamento não natural, pois é claro que uma pessoa não pode amar outra pessoa, mais do que a si mesmo. Então, por que a Torá nos ordena algo impossível? Porque somos confrontados com um compromisso que não é natural? Continue a ler (Continue reading)→

Rabi Eliahu Birnbaum – Parashat “Tzaria-Metzora: “Aquilo que se diz, expressa aquilo que é” – Shavei Israel

In: http://casadosanussim.shavei.org/2017/04/28/aquilo-que-se-diz-expressa-aquilo-que-e/

São poucas as vezes que a Torá estabelece uma relação linear de causalidade entre a ação cometida e o castigo recebido. Esta Parashá nos relata sobre uma epidemia de uma variação, não clássica, da lepra, conhecida em hebraico como “Tsara’at”, que atinge a todos aqueles que pecam através da injúria (Lashon Hará). Continue a ler (Continue reading)→

Céu e Terra: Comentário sobre a Parashá da Torá de Shemini – Shavei Israel

In: http://casadosanussim.shavei.org/2017/04/21/ceu-e-terra/

A porção da Torá de Shemini tem o centro de sua mensagem nas regras de Kashrut e o sentido de uma distinção constante entre o que é adequado para a mesa judaica e o que não é. Continue a ler (Continue reading)→

Rabino Eliahu Birnbaum – Parashat “Vayikra”: O Sentido do Sacrifício – A Casa dos Anussim

In: http://casadosanussim.shavei.org/2017/03/30/o-sentido-do-sacrificio/

Estamos iniciando a leitura do Livro Levítico (Vaikrá), o terceiro do Pentateuco. O Livro Levítico nos transporta a um mundo novo: o dos sacrifícios, tema principal que aparece em forma explícita e detalhada ao longo do Livro. Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel – O que é um templo senão uma concessão de D’s às necessidades do homem?! Comentário sobre a Parashá da Torá de Tetzavê

Não é irrelevante, mesmo em épocas nas quais carecemos de um Beit Hamikdash, estudar as precisões da Torá sobre a construção e funcionamento do santuário. O conceito judeu do que deve ser um santuário está irredutivelmente relacionado com o conceito judaico de lar: o lugar no qual se oferece aquilo que possui, consagrando aquilo que existe. Continue a ler (Continue reading)→

Comentários sobre a Porção Semanal da Torá: “Mishpatim” – Shavei Israel

“Estes são os estatutos que lhes proporás. Se comprares um servo hebreu, seis anos servirá; mas ao sétimo sairá livre, de graça.” (Shemot 21:1-2)

A essência legislativa da Torá está localizada nesta Parashá. Não porque contenha o maior número de mandamentos (com 53, não muito atrás dos 63 da Parashá “Emor” e dos 74 da Parashá “Ki Tetzê”), mas sim, pois, seu próprio nome define seu caráter fundamental. “Mishpatim” significa leis. Uma vez que a maioria das pessoas considera que o judaísmo um compêndio sistemático de leis, é racional afirmar que a seção da Torá dedicada a “mishpatim” nos fornecerá a definição e os significados básicos de nossa religião. Continue a ler (Continue reading)→

Rabino Eliahu Birnbaum – Parashat “Ytró”: A custódia pessoal que exerce D’s sobre cada um de nós – Shavei Israel

In: http://casadosanussim.shavei.org/2017/02/17/a-custodia-pessoal-que-exerce-ds-sobre-cada-um-de-nos/


Nos deparamos nesta Parashá com um dos legados mais importates que o judaísmo brindou a humanidade. Na Parashá de Itró são apresentados os dez mandamentos ao Povo de Israel. Continue a ler (Continue reading)→

Rabino Eliahu Birnbaum: “Más allá de la religión” – Shavei Israel

In: http://casa-anusim.shavei.org/2017/02/12/mas-alla-de-la-religion/

Una Jupá muy especial que llevé a cabo en el desierto, me llevó a reflexionar la diferencia entre religión y espiritualidad, y despertó en mi interior pensamientos y dilemas  a cerca del rol del Rabino. ¿En qué idioma debe hablar un rabino para llegar a las personas en la actualidad? Continue a ler (Continue reading)→

Rabino Eliahu Birnbaum – Comentario a la Parashá de Itró: La tutela personal que ejerce Dios sobre cada uno de nosotros – Shavei Israel

In: http://casa-anusim.shavei.org/2017/02/15/la-tutela-personal-que-ejerce-dios-sobre-cada-uno-de-nosotros/

Nos encontramos en esta parashá con uno de los legados más importantes que el judaísmo ha brindado a la humanidad. En Parashát Itró son presentados los diez mandamientos al pueblo de Israel. Continue a ler (Continue reading)→

Comentários sobre a Porção Semanal “Bo”: Do Individualismo ao Coletivismo Nacional-Religioso – Shavei Israel/Casa dos Anussim

In: http://casadosanussim.shavei.org/2010/12/16/espanol-do-individualismo-ao-coletivismo-nacional-religioso/

Esta é a mitzvá denominada “o sacrifício de Pessach” (Korbán Pessach). A mesma foi executada pelos filhos de Israel durante seu cativeiro no Egito. Trata-se da primeira mitzvá que os filhos de Israel realizaram na qualidade de povo, e a preservaram até a destruição do Templo Sagrado.

A mitzvá do sacrifício de Pessach contém certos detalhes que constituem precondições para seu cumprimento. O animal não deve ser cozido mas assado. Devesse comer apressadamente e as pessoas que o comem devem estar vestidas, calçadas e providas de todos os implementos necessários. Não se deve deixar parte desse sacrifício para o dia seguinte, pois é obrigatório consumi-lo em sua totalidade durante a noite. Uma das características que diferem este sacrifício em relação a outros, é a sua obrigação de consumi-lo dentro da família. Este sacrifício é para ser consumido em família e várias famílias se reúnem para comer de um mesmo animal. Continue a ler (Continue reading)→

Rabi Eliahu Birnbaum – ¿Por qué es importante la relación entre generaciones? – Comentario a la parashá de “Bo” – Shavei Israel/Beit HaAnussim

In: http://casa-anusim.shavei.org/2016/01/14/por-que-es-importante-la-relacion-entre-generaciones-comentario-a-la-parasha-de-bo/

Si bien la Torá como cuerpo, con todas las Mitzvót, normas de acción y de contención, fue entregada al pueblo de Israel recién cuando éste arribó al pie del Monte Sinai, cuatro de las Mitzvót fueron impuestas con anterioridad. Primero vino el precepto de “prú urbú”,”sed fértiles y multiplicaos” dictado por Dios a Adám y Javá; luego el “brit milá”, pacto sellado entre Dios y Abrahám para todas las generaciones siguientes, a través de la circuncisión; más tarde, “guid hanashé”; y en nuestra parashá, por último, el pueblo de Israel recibe la orden de realizar el “korbán pésaj”; ésto es, el sacrificio de un cordero, previo a romper el lazo con la esclavitud y con Egipto. Continue a ler (Continue reading)→

Rabino Eliahu Birnbaum – El proceso de la redención: comentario a la parashá de “Vaerá” – Beit Haanussim/Shavei Israel

In: http://casa-anusim.shavei.org/2015/01/14/el-proceso-de-la-redencion-comentario-a-la-parasha-de-vaera/

La redención (gueulá), según nos revelan estos versículos (Shemot 6:3-8), no consiste en un acto único y completo, sino en una serie de cuatro etapas que configuran un proceso histórico.

La redención y la libertad, generalmente no se producen de forma drástica, más constituyen el resultado de distintos actos, que provocan un cambio en la situación general. Continue a ler (Continue reading)→

Rabino Eliahu Birnbaum – Comentario a la parashá de “Shmot”: Qué es lo que define una Nación – Shavei Israel/Beit Haanussim

In: http://casa-anusim.shavei.org/2015/12/31/que-es-lo-que-define-una-nacion-comentario-a-la-parasha-de-shmot/

El libro Bereshít nos hizo conocer una serie de historias individuales, de hombres y mujeres prototípicos cuyas vidas signarían y ejercerían gran influencia sobre su descendencia para siempre. El libro Shemót, que comienza con la parashá del mismo nombre, no refiere a individuos sino que incorpora el concepto de “Am”, de pueblo, de grupo de individuos que comparten una misma identidad. Continue a ler (Continue reading)→

Rabino Mordejai Gazit – Parashat “Shmot”: La fuerza para ser redimidos – Shavei Israel/Beit Haanussim

In: http://casa-anusim.shavei.org/2017/01/17/la-fuerza-para-ser-redimidos/

“Y estos son los nombres de los hijos de Israel que llegan a Egipto, a Yakov y toda su casa”

Es necesario aclarar por qué comienza así el libro de Shmot. La Torá ya nombró a los descendientes de Yakov en la parashá de Vaygash, ¿por qué decide volver a nombrarlos y solo en forma general?, ¿por qué no pone los nombres de los descendientes como hizo en Vaygash? Continue a ler (Continue reading)→

Amaldiçoando a fúria – Comentário sobre a Parashát da semana: “Vayechi” – Shavei Israel/Casa dos Anussim

In: http://casadosanussim.shavei.org/2014/12/31/comentario-sobre-a-parasha-da-semana-vayechi/

Chegamos ao final. Nesta Parashá nos despedimos de Yaakov, esta semana nos despedimos de Israel, a personalidade e a terra. O comentarista Rashi indica no início da Parashá, que, com a morte de Yaakov, os egípcios começaram todo processo que levaria a nossa servidão. Para proteger seus filhos da escuridão que viria e, sendo um bom pai, Yaakov abençoa cada um de seus filhos. As bênçãos são famosas por nos mostrar o atributo de cada tribo por si só, algo que somente ele pode, e deve, complementar entre todos os irmãos. A bênção de cada um somente pode se concretizar, caso as outras onze bênçãos, também sejam concretizadas. Continue a ler (Continue reading)→

El llanto de Yosef – Comentario a la parashá de Vaigash – Shavei Israel/Casa de los Anusim

By Rabino Mordejai Gazit
In: http://casa-anusim.shavei.org/2017/01/04/el-llanto-de-yosef/

La porción semanal relata sobre la develación de Yosef a sus hermanos, después de la separación de veintidós años, diciéndoles: “Yo soy Yosef” y agrega “dense prisa y vayan a lo de mi padre y díganle: Así dice tu hijo Yosef, D-ios me puso como señor de todo Egipto, ven aquí”. Los hermanos regresan a lo de Yacov”, y le contaron: Yosef vive, y reina sobre toda la tierra de Egipto, y… no les creyó “…” y revivió el espíritu de su padre Yacov”. Continue a ler (Continue reading)→

Comentário sobre a Porção Semanal da Torá: “Vaigash” – Shavei Israel

In: http://casadosanussim.shavei.org/2010/12/16/espanol-a-declinio-para-o-egito-o-primeiro-exilio/

O Declínio para o Egito: O Primeiro Exílio

A história do povo Judeu está intimamente relacionada com a do Egito. O povo de Israel viveu dois exílios fundamentais: Egito e Pérsia. Ainda quando do pacto de D-us com Abraham, no qual surgi o povo de Israel, havia prometido D-us ao nosso patriarca: “Tens que saber que tua semente será estrangeira em uma terra que não é sua, e a servirá e martirizarão a tua semente durante quatrocentos anos”. Continue a ler (Continue reading)→

27 DEC SHAVEI ISRAEL CELEBRATES HANUKAH: BNEI ANOUSIM IN PORTUGAL

In: https://shavei.org/shavei-israel-celebrates-hanukah-bnei-anousim-in-portugal-san-nicandro-and-el-salvador/

In the tiny village of Belmonte, Bnei Anousim community members Madalena Barata, Marina Ehrlich, Pedro Turner, Ana Braz and Sandra Berlin are lighting the Hanukah candles this week. Here are some photos to light up even the coldest December night.

On Tuesday this week, a public candle lighting was held in the town square together with the mayor. Sufganiot (Hanukah donuts) were distributed to the nearly 150 people who braved the cold to come out.

A Glória do Ícone – Comentário sobre a porção semanal da Torah: “Vayeshev” – Shavei Israel/Casa dos Anussim

Audio

In: http://casadosanussim.shavei.org/2014/12/09/a-gloria-do-icone-comentario-sobre-a-porcao-semanal-da-tora-vayeshev/

 

A Geração de Yaacov

O túmulo de Yossef, na cidade de Shechem

“Estas são as gerações de Jacó, José tinha dezessete anos …”

Como sabemos, na Torá não existem pontos ou vírgulas, e, portanto, às vezes é possível mudar a leitura da frase, alterando a localização do ponto ou da vírgula, de acordo com alguns critérios herdados pela tradição jucaica oral. No caso do versículo acima, nossos Sábios movem a vírgula para depois do nome de Yossef (José), que faz com que interpretemos que Yossef, foi o principal ‘descendente’ de Yaacov. Apesar de haver tido onze filhos e uma filha, aquele que tinha herdado a personalidade de seu pai era, precisamente, Yossef.“Estas são as gerações de Jacó, José tinha dezessete anos …”

Podemos entender isso pela simples razão de que Rachel, a mãe de Yossef, era aquela que estava destinada a ser a única mulher Yaacov, uma vez que se casou com Leah por engano, e as outras duas, Zilpa e Bila lhe foram atribuídas, por causa do desespero das esposas, que queriam possuir a maior representação na descendência de Yaacov. Continue a ler (Continue reading)→

A Mudança de Nome Representa uma Mudança de Destino – Comentário sobre a Porção Semanal da Torá: “Vayshlach” – Shavei Israel/casa dos Anussim

Retirado do livro “La Tora No Esta En El Cielo”, do Rabino Eliahu Birnbaum
In: http://casadosanussim.shavei.org/2016/12/12/a-mudanca-de-nome-representa-uma-mudanca-de-destino/

A vida do patriarca Yaakov é representada pelas constantes crises entre seus sonhos e suas realidades.

Quando saiu da terra de Canaã, sonhou com a escada que determinou as experiências que viveria até seu retorno, ao sonhar com o embate com o anjo divino. Continue a ler (Continue reading)→

A Cabeça no Céu e os Pés Presos à Terra – Comentários à Parashá “Vayetse” – Shavei Israel/Casa dos Anussim

In: http://casadosanussim.shavei.org/2014/11/27/a-cabeca-no-ceu-e-os-pes-presos-a-terra-comentarios-sobre-a-porcao-semanal-toldot/

Yaakov foge da casa de seus pais, temendo a vingança de seu irmão Esav, e, caminhando chega a fronteira da Terra de Canaã. Ao anoitecer, decide pernoitar e proseguir sua viagem apenas no dia seguinte. Apoia então sua cabeça em uma pedra, dorme… e sonha!

Este sonho de Yaakov é tratado como sendo um dos capítulos de grande vastidão de explicações e uma interessante profundidade simbólica em toda a Torá.

A perspicácia e a capacidade de numerosos rabinos têm sido “colocada à prova”, de acordo com a quantidade e originalidade das interpretações que trazem sobre este momento paranorrmal, tão iluminado. Da mesma maneira, este sonho com suas diversas exegeses configura um dos pilares da Cabalá, a interpretação que estuda e pratica os mistérios da Torá. Continue a ler (Continue reading)→

O Fracasso Histórico dos Primogénitos – Comentários sobre a Porção Semanal de “Toldot” – Shavei Israel / Casa dos Anussim

In: http://casadosanussim.shavei.org/2010/12/16/espanol-o-fracasso-historico-dos-primogenitos/

800px-tribe_of_israle_stained_glass_c

“Certa vez, Yaacov havia cozido um guisado e Esav veio do campo, e ele estava cansado. E Esav disse a Yaacov: ‘Enche minha boca, rogo-te, dessa coisa vermelha, pois estou cansado’… E Yaacov disse: ‘Vende, tão claro como o dia, tua primogenitura para mim’. E Esav disse: ‘Eis que caminho para a morte; de que me servirá a primogenitura’? E Yaacov disse: ‘Então jura-me, de forma clara como o dia’. E jurou-lhe, e vendeu sua primogenitura a Yaacov. E Yaacov deu a Esav pão e o cozido de lentilhas; e ele comeu e bebeu, levantou-se e se foi; e Esav desprezou a primogenitura”. (Gênesis 25, 29-34)

Esta é uma das poucas parashiot que nos provem de detalhes biográficos acerca de nosso patriarca Itzchak. O livro de Gênesis nos proporciona escassos detalhes sobre sua vida. Não sabemos nada sobre sua infância e sua juventude, exceto a cena em que se dirige junto com seu pai para o sacrifício. Continue a ler (Continue reading)→

Itzjak amó a Esav, pues había caza en su boca – comentario a la parashá de Toldot – Shavei Israel / Beit Haanussim

Author Rabino Mordejai Gazit
In: http://casa-anusim.shavei.org/2016/11/28/itzjak-amo-a-esav-pues-habia-caza-en-su-boca-comentario-a-la-parasha-de-toldot/

maxresdefault-1

Itzjak amó a Esav, pues había caza en su boca; mientras que Rivká amaba a Yakov (Bereshit 25:28)

Los comentaristas se preguntan, ¿por qué Itzjak amaba a Esav que era un cazador, más que a Yakov que era un estudioso de Torá?

¿Acaso podemos pensar que se puede corromper a Itzjak a cambio de carne? Continue a ler (Continue reading)→

Identidade Judaica, Vida e Morte – Comentário sobre a Porção Semanal de Chaiei Sará – Shavei Israel/Casa dos Anussim

In: http://casadosanussim.shavei.org/2010/12/16/espanol-identidade-judaica-vida-e-morte-2/

near-death-experience_illustration

“E Sará morreu… na terra de Canaa;… E Abrahão levantou-se de diante de sua falecida, e falou aos filhos de Het, dizendo: ‘Peregrino e morador sou entre vós; dai-me posse de um terreno para sepultura entre vós, e enterrarei minha morta que está diante de mim’… E depois, assim, enterrou Abrahão a Sará, sua mulher, na cova do campo da Machpelá… na terra de Canaan”. (Gênesis 23, 1-20) Continue a ler (Continue reading)→

Rabi Nissan ben Avraham – El Padre de la Fe – Comentario a la parashá de “Lej Lejá” – Beit Haanusim/Shavei Israel

In: http://casa-anusim.shavei.org/2016/11/10/el-padre-de-la-fe-comentario-a-la-parasha-de-lej-leja/


preview

La Historia Sagrada

Aquí empieza nuestra historia, la Historia Sagrada, la historia de una familia especial entre el resto de las familias del mundo, la verdadera Sagrada Familia. Continue a ler (Continue reading)→

Abraham el hebreo – Comentario a la parashá de “Lej Lejá” – Beit Haanusim/Shavei Israel

Por: Rabino Mordejai Gazit
In: http://casa-anusim.shavei.org/2016/11/10/abraham-el-hebreo-comentario-a-la-parasha-de-lej-leja/


Night

“Debido (ekev en hebreo) a que has actuado de acuerdo a mis órdenes”: El Midrash dice que Abraham conoció a D-ios a la edad de los tres años. El valor numérico de la palabra Ekev, es ciento setenta y dos. Abraham vivió ciento setenta y cinco años y de ahí aprendemos que encontró a Su Creador a los tres años de edad. Continue a ler (Continue reading)→

El libro ¿Tiene ustes raíces judías? – en Portugués – Beit Haanusim/Shavei Israel

In: http://casa-anusim.shavei.org/2016/11/08/el-libro-tiene-ustes-raices-judias-en-portugues/


tapa-portugues

Cuando Shavei Israel anunció la publicación en 2015 de su libro en español, ¿Tiene usted raíces judías?, esperábamos que unos pocos cientos de personas solicitaran una descarga gratuita de la versión de libro electrónico. Pero en menos de 48 horas el sitio web especial que establecimos estaba saturado, por la enorme cantidad de personas que habían hecho click para recibir su copia. Continue a ler (Continue reading)→

O Pacto Universal – Parashá “Noach” – Shavei Israel/Casa dos Anussim

In: http://casadosanussim.shavei.org/2010/12/16/espanol-o-pacto-universal/


cropped-cropped-cropped-cropped-banner

Esta parashá tem duas fases diferentes: o mundo antes do dilúvio e o mundo depois do dilúvio, ou seja, o nosso mundo. Noach fracassou, porque salvou-se apenas a si mesmo, sendo incapaz de salvar a sua geração. Estaria ele satisfeito? É possível que somente depois do dilúvio Noach pode começar a perceber o que havia ocorrido. Todo o seu mundo havia desaparecido, tudo foi destruído, tudo tinha sido arrasado pela fúria das águas do dilúvio. Apesar de que os habitantes do mundo tenham sido seres perversos, eram, no entanto, seres vivos que respiravam e que haviam sido totalmente eliminados pelo dilúvio. Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel – MICHAEL FREUND WINS “ALIYAH AWARD”

In: https://shavei.org/michael-freund-wins-aliyah-award/


whatsapp-image-2016-10-13-at-4-06-51-pm

Shavei Israel Chairman Michael Freund has won the second annual “Aliyah Award” in recognition of the thousands of Jews that Shavei Israel has brought to Israel from India, China, Iberia, South America, Poland and more. Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel /Casa dos Anussim – Comentário sobre a porção semanal da Torá – “Haazinu” – Uma Segurança Imutável

In: http://casadosanussim.shavei.org/2016/10/10/a-rocha-cujas-obras-sao-de-justica/


A Rocha, cujas obras são de justiça!

imagens-imagens-rock-5

‘Rocha’ é uma expressão de força, segurança, que não se comove com a fúria dos ventos, das tempestades que varrem tudo ao seu redor.  Continue a ler (Continue reading)→

Por que jejuamos? – Shavei Israel / Casa dos Anussim

In: http://casadosanussim.shavei.org/2016/02/25/por-que-jejuamos/


aCinco jejuns foram decretados por nossos sábios em memória a diferentes desgraças que aconteceram ao nosso povo e um foi estabelecido pela Torá como expiação pelos nossos pecados. Yom Kipur e 9 de Av, são jejuns que começam ao pôr do sol e terminam com a saída das estrelas do dia seguinte. Os demais jejuns começam de madrugada e terminam com a saída de estrelas, no mesmo dia. Continue a ler (Continue reading)→

Rabi Eliahu Birnbaum – El pacto de cada uno de nosotros – Parashat “Nitzavim” – Shavei Israel

Rabino Eliahu Birnbaum
In: http://casa-anusim.shavei.org/2015/09/09/el-pacto-de-cada-uno-de-nosotros-parashat-nitzavim/


1

Toda cultura concibe distintas formas de relacionamiento y compromiso entre personas e instituciones. Nos vinculamos entre las personas y con las instituciones, por escrito u oralmente, ya sea a través de la emoción, del intelecto, o de la ley.

En esta parashá, la Torá pone ante nosotros una formulación distinta de compromiso: el Pacto. Continue a ler (Continue reading)→

Guía para las Altas Festividades

In: http://casa-anusim.shavei.org/2016/09/26/guia-para-las-altas-festividades/


%d7%9c%d7%9b%d7%99%d7%93%d7%94Shavei Israel se complace en entregarles esta guía para las Altas Festividades del mes de Tishrei.

La guía incluye dos artículos de refelexión sobre cada festividad (Rosh Hashaná, Yom Kipur y Sucot), junto con las leyes de cada fiesta y guías prácticas especiales para cada ocasión. Continue a ler (Continue reading)→