Rabino Nissan ben Avraham – “En este día”: Comentario a la parashá de Ki Tavó – Shavei Israel

Rabino Nissan Ben AvrahamPosted on 6
In: http://casa-anusim.shavei.org/2016/09/22/en-este-dia-comentario-a-la-parasha-de-ki-tavo/


1581_bunting_clover_leaf_map

Recién recibidos

“En este día te has convertido en pueblo del Señor tu D’ios”, dice la Torá (Dvarim 27:9). Y nos preguntamos ¿a qué día se refiere exactamente? Continue a ler (Continue reading)→

Casa dos Anussim – Uma Nova Mulher – Comentários sobre a porção semanal da Torá: “Ki Tetsé”

Por: Casa dos Anussim/Shavei Israel
In: http://casadosanussim.shavei.org/2014/09/04/uma-nova-mulher-comentarios-sobre-a-porcao-semanal-da-tora-ki-tetse/


israels-a_jewish_wedding-1903

Por que se casaram?

Na Parasha desta semana encontramos vários mandamentos relacionados ao casamento. E, como sempre, nos esforçamos para encontrar a mensagem escondida por detrás dos detalhes legais dos mandamentos. Continue a ler (Continue reading)→

BIENVENIDA ABIGAIL: una portuguesa redescubre su judaísmo

caraAuthor: Brian Blum – Posted on September 8, 2016
Beit HaanusimEl blog de Shavei Israel
In: http://casa-anusim.shavei.org/2016/09/08/bienvenida-abigail-una-portuguesa-redescubre-su-judaismo/


 

dsc_0402

Abigail (Marina) Erlich estaba programada para presentarse ante el tribunal rabínico de conversión para retornar formalmente al judaísmo, cuando en el último momento, reveló al Rabino Elisha Salas, emisario de Shavei Israel a Portugal y quién la guió a través de varios años de estudio, que creía que ya era judía. Continue a ler (Continue reading)→

A Visão – Comentários sobre a porção da Torá desta semana: “Reê” – Shavei Israel/Casa dos Anussim

Shavei Israel
Agosto, 31, 2016
In: http://casadosanussim.shavei.org/2015/08/13/a-visao-comentarios-sobre-a-porcao-da-tora-desta-semana-ree/


visao

A Bênção

Esta parashá de Reê é a parashá da vista, da visão. E, assim começa: Veja!

Mas o que devemos ver?

Continue a ler (Continue reading)→

Rabi Eliahu Birnbaum – Pobreza, caridad y revolución social – Comentario a la Parashá de Reé – Shavei Israel/Casa dos Anussim

Author: Rabino Eliahu Birnbaum
Posted on: September 1, 2016
In: http://casa-anusim.shavei.org/2016/09/01/pobreza-caridad-y-revolucion-social-comentario-a-la-parasha-de-ree/


pobreza

Comentario sobre Parashat Ree – Abre tus ojos a las necesidades de los demás

A lo largo de todo el libro Devarim se nos enseña cómo crear una sociedad modelo en la tierra de Israel. En esta parashá se habla de la pobreza, en tanto realidad que se debe reconocer y afrontar. Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel – O Amor no Judaísmo

In: http://casadosanussim.shavei.org/2016/02/25/o-amor-no-judaismo/


d79ed794d799_d791d79bd79cd79c_d790d794d791d794-300x297Como você define o amor pela Torá? Vejamos, o primeiro caso em que é mencionado o amor de uma pessoa pela outra é quando D’us ordena a Abraão sacrificar o filho que ele ama. O que, na verdade, isso nos ensina? O amor de um pai para o filho é o protótipo de todos os amores. Ou seja, é o amar incondicionalmente, apenas por este ser seu filho. Este é o tipo de amor que deve existir também, com as outras pessoas.

O caso seguinte de amor na Torá, é o de um homem por sua mulher: nosso antepassado Isaac amou sua esposa Rivka (note que está escrito isso depois de Isaac haver casado com ela, não durante um longo período de namoro).

O amor é criado e manifestado através de doação. A palavra hebraica para amor é “ahava”, que vem da raíz “hav” – dar. Aprendemos do caso em que Rachel diz ao marido Yaacov, “hava li banim…”, “Dá-me filhos”. Isso nos mostra o por que de que geralmente os pais amam a seus filhos mais do que estes amam seu progenitores. Quando a pessoa pode dar e dar torna-se como um pai que dá e não espera nada em troca. Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel – A Bíblia dos Anussim

In: http://casadosanussim.shavei.org/2016/02/09/a-biblia-dos-anussim/


LADINAR E ALJAMIAR

1Parece que durante séculos os judeus espanhóis trataram de “ladinar” os textos sagrados originais em hebraico para o castelhano. O verbo “ladinar” significa – traduzir em ladino, ou língua românica falada nos países ibéricos. Para isso se poderia utilizar de duas possibilidades: o aljamiado, ou seja, escrever a tradução espanhola em letras hebraicas ou árabes (do árabe “Achami” – estrangeiro) ou escrevendo diretamente no alfabeto latino.

Tudo isso sugere que, embora o interesse nos textos judaicos sagrados fosse grande, já há muito tempo o hebraico original não era acessível, pelo menos não no nível popular (a maioria dos judeus de Castela não falavam hebraico).

Estes mesmos judeus após terem sido expulsos pelos Reis Católicos, em 1492, continuaram falando o castelhano e sentiam a necessidade de estudar os textos sagrados neste mesmo idioma. Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel – Sair da Superficialidade – Comentários sobre a porção desta semana da Torah: “Ékev”

download-3No capítulo 10, versículo 16, nos deparamos com um mandamento especial: “Você deve circuncidar o prepúcio de vosso coração.”

Já conhecemos o mandamento da circuncisão, que o Criador ordenou a nosso patriarca Abraão, no capítulo 17 do livro de Bereshit (Gênesis). O comando é repetido no capítulo 12 do livro de Vaicrá (Levítico), após a entrega da Torá ao povo de Israel, fortalecendo e dando um novo valor ao comando.No capítulo 10, versículo 16, nos deparamos com um mandamento especial: “Você deve circuncidar o prepúcio de vosso coração.”

Já conhecemos o mandamento da circuncisão, que o Criador ordenou a nosso patriarca Abraão, no capítulo 17 do livro de Bereshit (Gênesis). O comando é repetido no capítulo 12 do livro de Vaicrá (Levítico), após a entrega da Torá ao povo de Israel, fortalecendo e dando um novo valor ao comando.No capítulo 10, versículo 16, nos deparamos com um mandamento especial: “Você deve circuncidar o prepúcio de vosso coração.”

Já conhecemos o mandamento da circuncisão, que o Criador ordenou a nosso patriarca Abraão, no capítulo 17 do livro de Bereshit (Gênesis). O comando é repetido no capítulo 12 do livro de Vaicrá (Levítico), após a entrega da Torá ao povo de Israel, fortalecendo e dando um novo valor ao comando. Continue a ler (Continue reading)→

O D’us dos Espíritos – Comentário sobre a Porção Semanal de “Pinchás” – Shavei Israel/Casa dos Anussim

In: http://casadosanussim.shavei.org/2016/07/26/o-dus-dos-espiritos/

as

42 “estações”

O fim da viagem se aproxima. Após a saída do Egito, o povo se ‘entretém’ no deserto por quarenta anos pagando a dívida por haverem recusado entrar na Terra Prometida, quando estavam por fazê-lo.

São quase quarenta anos muito difíceis. Quase quarenta anos de raiva, nos quais parece não haver nenhuma profecia dirigida a Moshe. Vimos que entre os capítulos 19 e 20 passaram-se 38 anos de punição, sem qualquer referência, sem qualquer detalhe.

Continue a ler (Continue reading)→

Parashá “Korach”: Uma Mensagem Nova e Forte – Shavei Israel / Casa dos Anussim

20090616144016-300x225

Uma grande pessoa

Korach não era uma pessoa qualquer. Primeiramente, pois era muito rico. Na tradição judaica, quando se diz que uma pessoa é muita rica, utiliza-se a expressão “rico como Korach”. Era um Quehatita, a família dos levitas encarregada de transportar as peças mais sagradas do tabernáculo, como vemos nos primeiros capítulos do livro. E nossos sábios ensinam que, o próprio Korach era um dos responsáveis por carregar a Arca da Aliança, e para alcançar este mérito era necessário possui valores muito elevados. De acordo com nossos sábios, ele tinha chegado a experimentar, inclusive, “Ruach Hacódesh” – Espírito de Santidade, referente a um nível abaixo da profecia, contudo próxima a ela, nível este alcançado pelo Rei David ao escrever os Salmos, e o Rei Shlomo ao escrever Eclesiastes ou o Shir Hashirim (Cântico dos Cânticos). Além disso, sabemos através do Livro de Crônicas (6:19-23) que dea linhagem de Korach, sairia o profeta Samuel, dezesseis gerações mais tarde, que a tradição indica ter, sozinho, alncançado as virtudes de Moshe e Aharon, juntos. Desta maneira, assumimos que muitas destas virtudes teriam sido herdadas de seus antepassados.

Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel/Casa dos Anussim – Leite e Mel – Comentário sobre a porção semanal da Torá “Shelach”

download-3

Leite e Mel

Os Filhos de Israel chegaram às portas da Terra Prometida e se preparam para entrar e conquistá-la. Quase um ano se passou do momento em que estiveram aos pés do Monte Sinai, quando receberam a Torá e construíram o Tabernáculo. Em seguida, um caminho que deveria ter durado apenas 11 dias, acabou demorando quarenta dias que terminaram com a decisão de enviar espiões para a verificar a situação da Terra Prometida.

Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel/Casa dos Anussim – Parashá “Naso” – A Limpeza do Acampamento

download-1

Comentário sobre a Parashá de Naso

Proteção Garantida

Que alívio poder estar em nossas casas com nossas rotinas e nossos bons costumes, resultados de um duro trabalho de preparação e escolhas adequadas ao longo do tempo, adquirindo bastante experiência própria! Ao longo da vida, criamos à nossa volta algumas paredes de proteção para evitar más influências e afastar agentes nocivos. Criamos sistemas que nos avisam quando o perigo se aproxima, permitindo que tenhamos tempo para preparar-nos adequadamente para a luta e obter uma vitória relativamente fácil. Temos algumas proteções garantidas.

Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel/Casa dos Anussim – Rotina e Estrada – Parashá “Bamidbar”

businessmanwalkingdownroad2

A Boa Rotina

Muitas pessoas temem sair da rotina. Constroem a sua volta um mundo repleto de paredes intransponíveis, que lhes permite viver uma vida tranquila, sem a necessidade de repensar seus princípios, sem ter de lutar contra os possíveis adversários que possam surgir. Em sua rotina preparam todo o necessário para superar os possíveis perigos sem esforços exagerados que desgastem seus recursos.

Continue a ler (Continue reading)→

Responsabilidade dos Adultos – Comentário sobre a Porção Semanal de Torá Emor – Casa dos Anussim/Shavei Israel

18_10_2010_003101-300x225Avisar aos maiores sobre os menores

No início deste Parashá, a Torá usa uma expressão especial: “Diga aos sacerdotes, filhos de Aharon, e lhes diga”. Se trata de uma redundância imperdoável na Língua Portuguesa. Mesmo no hebraico bíblico, que não economiza nas redundâncias, esta parece especialmente estranha.

Continue a ler (Continue reading)→

Cómo vivir con la cabeza en alto – Comentario a la parashá de Emor – Rabino Eliahu Birnbaum – Beit Haanusim

21885En esta parashá se nos enseña una fórmula que recomienda el judaísmo para mantener viva la esperanza, para que el hombre no se someta a la rutina. Sobre cada persona del pueblo de Israel recae el precepto de contar cuarenta y nueve días la segunda noche de Pésaj y Shavuót, para entonces dirigirse al Templo, y presentar las ofrendas de Bikurím.

Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel/Casa dos Anussim – Respeito pela Diversidade

13027106872E13-300x225“E contareis para vós, desde o dia seguinte ao primeiro dia festivo, desde o dia em que tiverdes trazido o Omer da movimentação – sete semanas completas serão. Até o dia seguinte da sétima semana contareis 50 dias, e então oferecereis oblação nova (de trigo) ao Eterno”. (Levítico 23:15-16)

Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel – Conselhos sobre as Relações Conjugais – Parashá “Tazriá e Metsorá”

In: http://casadosanussim.shavei.org/2015/04/22/conselhos-sobre-as-relacoes-conjugais-comentario-sobre-a-porcao-semanal-de-tora-tazria-e-metsora/

ce622b2b188549c5462ca64d64dc5e59-300x256

Relações Conjugais

No final da Parashá Metsorá, no capítulo 15 do livro de Vaicrá (Levítico), são explicadas as leis da Torá relativas às relações conjugais.

Continue a ler (Continue reading)→

Rabi Nissan ben Avraham – Shavei Israel – O Pão Judaico

In: http://casadosanussim.shavei.org/2016/03/22/o-pao-judaico/

1-1

A proibição do “Pat-Acum”

Até o final do Segundo Templo, há cerca de dois mil anos atrás, se consagrou uma série de leis destinadas a afastar os judeus dso não-judeus em várias questões que poderiam causar alguma certa intimidade excessiva. Esta era uma época em que as relações com pessoas de outras nacionalidades significava, praticamente2, tornar-se um idólatra. O Talmud (Tratado de Shabat, 17b) explica que os grandes sábios de Israel se reuniram em um mesmo lugar e promulgaram uma série de leis – dezoito no total – entre as quais, quatro, eram no sentido desta separação. Entre estas está aquela que nos interessa agora: a proibição do pão.

Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel – Orgulho Nacional – Comentários sobre a festa de Purim

In: http://casadosanussim.shavei.org/2016/02/25/orgulho-nacional-comentarios-sobre-a-festa-de-purim/

51671_13

Críticas sobre o comportamento de Mordechai

Muitos autores, seguindo o comportamento dos judeus da época de Mordechai ‘o judeu’, criticam duramente o comportamento deste último durante a “crise de Haman”.

Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel – Comia Seu Pão! – Comentário sobre a Parashá Vaicrá

In: http://casadosanussim.shavei.org/2015/03/19/comia-seu-pao-comentario-sobre-a-porcao-semanal-da-tora-vaicra/

Gado

Tópicos desatualizados?

A maior parte do Livro de Vaicrá (Levítico) é dedicado aos sacrifícios oferecidos no Tabernáculo. O livro aparece logo após a longa descrição da construção do Tabernáculo, como consta na segunda parte do livro de Shemot (Êxodo). A pergunta que muitas pessoas fazem ao ler estes capítulos é a seguinte: “Qual a necessidade de estudar todas estas questões hoje, quando já estamos cerca de dois mil anos sem um templo ou mesmo, sem realizar sacrifícios?” “Não seria melhor deixá-los de lado e nos dedicarmos a estudar questões mais atuais?”

Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel – Comentário sobre a Porção Semanal de “Pekudei”

In: http://casadosanussim.shavei.org/2016/03/08/comentario-sobre-a-porcao-semanal-de-pekudei/

images-1

A Parasha Pekudei é a última de uma série de Parashiot que descrevem todos os detalhes da construção do Mishkan! Mishkan este, que seria usado como a Casa da Presença Divina neste mundo até que os Filhos de Israel chegassem neste lugar que estamos hoje – Jerusalém – e construíssem o Beit Hamikdash.

Continue a ler (Continue reading)→

Rabi Yehoshua Ellis – Shavei Israel – Comentários sobre a Porção Semanal de Vayakhel

1
Pelo Rabino Yehoshua Ellis
In: http://casadosanussim.shavei.org/2016/03/03/comentarios-sobre-a-porcao-semanal-de-vayakhel/

Esta Parashá apresenta algumas distinções. Geralmente esta vem acompanhada com a sequencia, a Parashá Pikudei, finalizando o Livro de Shemot.

Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel – Rabino Nissan ben Avraham – Comentario a la parashá “Ki Tisá”

El Ungido

Por Rabino Nissan Ben Avraham

In: http://casa-anusim.org/2016/02/25/el-ungido-comentario-a-la-parasha-de-ki-tisa/
img346988

Aceite de Unción

La parashá de Ki Tisá (Éxodo 30:11 – 34:35) contiene muchos temas y muy interesantes, entre los cuales, sin duda, el más conocido y más comentado es el del Becerro de Oro. Pero hay otros temas menos conocidos de los que conviene tener conocimiento un poco más amplio.

Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel – O Ponto de Encontro – Comentário sobre a Parashá “Terumá”

In: http://casadosanussim.com/2016/02/09/o-ponto-de-encontro-comentario-sobre-a-porcao-semanal-da-tora-de-teruma/

84170419-0799-4e65-97b0-53c7d7417122

Protótipos dos 613 Mandamentos

No início da Parasha de Terumah, Nachmanides nos resume o que aconteceu, para nos colocar no contexto certo para compreender a razão para a construção do Tabernáculo.

Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel – Ajuda ao próximo – Comentários sobre a Parashá “Mishpatim”

In: http://casadosanussim.com/2016/02/05/ajuda-ao-proximo-comentarios-sobre-a-parasha-mishpatim/

burro-perdido-300x225

No capítulo 23, versículos 4 e 5, encontramos um assunto que desperta nosso interesse. Ambos os versos falam sobre animais. A primeira fala de um boi ou um jumento que foram perdidos, e a Torá nos diz para devolvê-los aos seus donos. O segundo verso fala também de um burro que caiu com o peso de sua carga, e a Torá obriga-nos a ajudar a descarregar o burro, de modo que o animal não sofra.

Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel – Israel e as Nações – Comentários sobre a Parashá “Itró”

A

O Conselho do Sogro

Esta é a Parashá que menciona a entrega da Torá, quando Moshe sobe no Monte Sinai para receber as Tábuas da Lei e toda a Torá, oral e escrita.

É a porção da Torá na qual todo o povo de Israel se eleva a um nível espiritual incomum, angélico, muito acima da natureza humana tal como a conhecemos.

Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel – A Razão das Pragas – Comentários sobre a Parashá “Bo”

In: https://casadosanussimcom.wordpress.com/2016/01/15/a-razao-das-pragas/

egipto

A Parasha começa com a antepenúltima praga, a praga dos gafanhotos. Em seguida, vem a penúltima praga que os egípcios receberam, a escuridão, pouco antes da morte dos primogênitos.

Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel – Parashá “Vayerá”

In: http://casadosanussim.com/2016/01/08/processo-de-redencao/


415799

A redenção (Gueulá), segundo nos revelam estes versículos (Êxodo 6, 3-8), não consiste em um ato único e completo, mas em uma série de quatro etapas que configuram um processo histórico.

A redenção e a liberdade não se produzem geralmente de forma drástica, mas constituem o resultado de distintos fatos que provocam uma mudança na situação geral.

Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel – Rabino Nissan ben Avraham – Noções de Judaísmo

O significado da reza

12440337_997829846945204_8032136229022603078_oIn: https://www.facebook.com/shaveiisraelportugues/photos/a.312576882137174.72540.271119919616204/997829846945204/?type=3&theater

A Prece: o último refúgio

Os Anussim, aqueles judeus que tiveram que esconder sua identidade ao longo da história – enquanto sofriam perseguições e ameaças dos governos ou dos habitantes dos próprios países onde viviam – muitas vezes não tiveram como cumprir o judaísmo a não ser através da prece.

Continue a ler (Continue reading)→

Rabino Eliahu Birnbaum – Shavei Israel – Comentario a la parashá de Shmot

Qué es lo que define una Nación?

In: http://casa-anusim.org/2015/12/31/que-es-lo-que-define-una-nacion-comentario-a-la-parasha-de-shmot/

maxresdefault

El libro Bereshít nos hizo conocer una serie de historias individuales, de hombres y mujeres prototípicos cuyas vidas signarían y ejercerían gran influencia sobre su descendencia para siempre. El libro Shemót, que comienza con la parashá del mismo nombre, no refiere a individuos sino que incorpora el concepto de “Am”, de pueblo, de grupo de individuos que comparten una misma identidad.

Continue a ler (Continue reading)→

Rabino Nissan ben Avraham – Shavei Israel – Comentários à Parashá semanal “Vaiechi”

A Múmia Viva

In: http://www.shavei.org/other_languages/portugues/parasha-da-semana/a-mumia-viva-comentarios-sobre-a-porcao-semanal-da-tora-vaiechi/?lang=es

Shavei

Feliz na terra perniciosa

Dezessete longos anos viveu nosso patriarca Yaacov no Egito, até o dia de sua morte, aos 147 anos. Seus melhores anos, cercado por seus doze filhos, um dos quais se tornou vice-rei do Egito.

O Midrash observa que esta última Parsha é “fechada”, ou seja, que não é precedida por um ponto como o resto das Parashiot, e se trata, assim, de uma continuação. A razão para isto, de acordo com o Midrash, é negativa: o fato de estarem tão tranquilos na diáspora egípcia tinha fechado seus olhos, e lhes permitido desfrutar de prazeres vãos em terras estranhas.

Continue a ler (Continue reading)→

Rabi Eliyahu Birnbaum – Shavei Israel – Las cuatro etapas de la vida humana – Parashat Vaigash

d795d799d792d7a9Esta parashá nos trae uno de los relatos más ejemplarizantes de la Torá, acerca de la vida del judío en el exilio. Ioséf había llegado a Egipto como esclavo, y luego de penurias e injusticias, resulta haber arribado a la posición más poderosa de dicha nación: de esclavo humillado ha pasado a ser un príncipe, un ser temido y obedecido por todos. Es la primera realización, y a nivel superlativo, que encontramos en nuestra tradición, del sueño que todo inmigrante alberga cuando apuesta a integrarse a una nueva sociedad.

Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel – Rabi Nissan ben Avraham – A Ciência Grega – Comentários sobre a Festa de Chanuká

O Amigo das Culturas

9788_812951135433077_5942717673052276664_n

Alexandre, o Grande, visitava a Terra de Israel para encontrar um povo submetido aos persas desde a reconstrução do Segundo Templo, centenas de anos antes. O rei macedônio tinha aprendido a educação grega da boca dos melhores filósofos de seu tempo e não estava satisfeito. Os filósofos lhe ensinaram coisas que a maioria dos gregos não aceitavam como bom.

Continue a ler (Continue reading)→

A Cabeça no Céu e os Pés Presos à Terra – Rabino Elyahu Birnbaum – Parashá “Vayetsé” – Shavei Israel

In: http://www.shavei.org/other_languages/portugues/parasha-da-semana/a-cabeca-no-ceu-e-os-pes-presos-a-terra-comentarios-sobre-a-porcao-semanal-toldot/?lang=es

imagesescadaYaakov foge da casa de seus pais, temendo a vingança de seu irmão Esav, e, caminhando chega a fronteira da Terra de Canaã. Ao anoitecer, decide pernoitar e proseguir sua viagem apenas no dia seguinte. Apoia então sua cabeça em uma pedra, dorme… e sonha!

Este sonho de Yaakov é tratado como sendo um dos capítulos de grande vastidão de explicações e uma interessante profundidade simbólica em toda a Torá.

Continue a ler (Continue reading)→

“Habite esta terra!” – Parashá “Toldot” – Rabi Nissan ben Avraham – “Shavei Israel”

Rabino Nissan Ben Avraham – 12/11/2015

8b201df2-7760-4a24-a8de-778a03e142daSeca

Já no capítulo 13 do livro de Bereshit (Gênesis), nos deparamos com uma das características mais estranhas da Terra de Israel: a fome. Avraham acabava de chegar à terra que o Criador lhe havia encaminhado e logo então ele já deve deixá-la por causa da fome causada pela seca.

A Terra de Israel faz fronteira com o Mar Mediterrâneo a oeste e, já ao avançar pela cordilheira central, encontramos com o deserto que se estende para além do Jordão, para o grande deserto sírio. Em outras palavras, o país é semi-árido, e, portanto, passa por intensos períodos de seca que podem durar de dois a três anos. ‘Seca’ é uma situação em que as chuvas caem abaixo da precipitação média anual (cerca de 450 mm), ou quando a chuva é pesada e a grande quantidade de agua que cai é perdida, incapaz de ser aproveitada corretamente. Quando isso ocorre por vários anos consecutivos (e sem a possibilidade de irrigação artificial), se presencia uma escassez, a fome.

Continue a ler (Continue reading)→

El “Dor Hemshej” del Pueblo Judío – Parashat Jaiei Sará

patriarch_tomb

La Tumba de los Patriarcas en Hebrón

Por Rabino Eliahu Birnbaum
In: http://casa-anusim.org/2015/11/05/el-dor-hemshej-del-pueblo-judio-parashat-jaiei-sara/

La Torá, en sus infinitos abordajes y lecturas, no permite que nos encerremos en un sólo personaje o grupo de situaciones prototípico, sino que nos hace transitar por diferentes personalidades de continuo, para ejemplificar en cada situación y proceso una nueva faceta de la cosmogonía hebrea.

Continue a ler (Continue reading)→

Una guía para los Bnei Anusim

Por Rabino Nissan Ben Avraham
In: http://casa-anusim.org/2015/11/04/una-guia-para-los-bne-anusim/
110403-jornada-xuetes-internacional6

Rabi Nissan bem Avraham

El libro de Najmánides que deberían conocer todos los judíos y especialmente quienes regresan al judaísmo.

Rabi Miosés ben Nachman (Nachmanides)

Hace unos 750 años, la situación de los judíos en los reinos de la península ibérica era precaria, como en muchas épocas de nuestra historia.

Los cristianos llevaban ya más de mil años intentando que los judíos aceptaran el cristianismo, y para ello probaban todos los medios que estaban a su alcance. En la época visigoda, y como consecuencia de los concilios de Toledo, dieciocho en total en un período de unos trescientos años, hubo un serio intento de convertir a todos los judíos al cristianismo, imponiéndoles múltiples y cuantiosas multas intentando convertirlos en esclavos de los cristianos y haciéndoles firmar acuerdos por los que se convertían al cristianismo. En gran parte de los casos, para su gran frustración, como en los mismos concilios se hace notar, estas restricciones no sirvieron para hacerles abandonar la fe ancestral judaica.

Continue a ler (Continue reading)→

Shavei Israel – El hombre que se trasciende a sí mismo – Parashat Vayerá

adi_holzer_werksverzeichnis_835_abrahams_opfer

Por Rabino Eliahu Birnbaum

Abrahám se perfila, a esta altura de su biografía, como un librepensador que puede -honestamente- no aceptar la concepción de vida mayoritaria de su época; un hombre valiente, inconformista, que no se rinde ante los conceptos clásicos y no teme enfrentarse al mundo cultural y social. Abrahám es, a su vez, un guerrero y hombre que se desvela por su familia, por su prójimo y por toda la sociedad. Es un hombre excepcional que pregunta y cuestiona porque quiere entender.

Continue a ler (Continue reading)→