“O que foi o Holocausto?” – Espectáculo multimédia – Mafra – 27 de Junho (Sexta-feira) – 21 horas – Cenário: Fachada da Basílica

 

Cartaz

“O QUE FOI O HOLOCAUSTO?”

Trata-se de um espetáculo noturno, de multimédia, dança, teatro, canto e vídeo, a realizar no final do ano letivo, dia 27 de junho, pelas 21h:00, com duração de 1h30m. As imagens serão projetadas numa grande tela assim como no próprio edifício/fachada frontal da Basílica (Convento/Palácio) de Mafra.

É um espetáculo variado, com um número imenso de participantes: orquestras sinfónicas, cantores, coros, músicos, bailarinos (clássico e contemporâneos), assim como atores.

Servirá de palco, a plataforma principal da Basílica e a fachada central do Palácio Nacional de Mafra.

Conta com as seguintes parcerias: a Escola Secundária Artística António Arroio; o Centro de Formação de Escolas António Sérgio; o Coro Sinfónico de Lisboa Cantat; a Escola do Conservatório Nacional de Dança; o Coro de Mafra; a Quinta Mágica – Mafra; a ETPM (Escola Técnica Profissional de Mafra); o Grupo de Dança Casa do Benfica da Malveira; o Agrupamento de Escolas Carregal do Sal; a Escola das Armas de Mafra; Liga dos Combatentes / Núcleo de Mafra; o Coro e Orquestra de Santo Isidoro – Mafra; o tenor Rui Antunes; o Conservatório Regional Silva Marques – Alhandra; a Companhia de Dança Amalgama e diversos bailarinos(as) – Catarina Camocho e Frederico Oliveira.

Temos também o apoio da Comunidade Israelita em Portugal e da Associação Memoshoá.

Este ano, para além de permanecermos a trabalhar na mesma linha, também estamos associados à UNESCO.

Este espetáculo é uma homenagem a todos os judeus que desapareceram durante a segunda Guerra Mundial e ao cônsul Aristides de Sousa Mendes, que conseguiu salvar, através dos vistos passados em Bordéus, 30 mil pessoas.

 Convite

“O QUE FOI O HOLOCAUSTO?”

Programação do Espetáculo

27/06/2014

21:00H

Espetáculo de Multimédia, canto, dança com duração de 1h30m

(Imagens projetadas numa grande tela e também no próprio edifício/Fachada Frontal da Basílica)

 dança

Duração – (120 minutos) 

Abertura

Tenor Rui Antunes e Orquestra de Santo Isidoro

Coro de Mafra e de Santo Isidoro

Avé Maria de Franz Schubert

Alunos da Escola de Dança do Conservatório Nacional

Coreografia – Concerto de Outono

Coreógrafo – Binho Pacheco

 Música – Tchaikovsky

                  (Excertos do concerto para violino e orquestra Opus 35 RéM)

Alunos – Raparigas (12) – Mónica L./Marta P./Mª Lua C./Indía N./Sayaka T./

                  Patricia R./ Oxana G. /Akane S./Diana D./ Ruika Y./ Mishio O./ Alice P.

                  Rapazes (8) – Guilherme L./ Tiago B./ Shigeyuki K./ Karin W./Miguel P./

                   Daniel C./Rui M./João C.

Neo clássico

(12 minutos)

Coro Sinfónico de Lisboa Cantat

Coro e órgão

– “Herr, nun lässest du deine Diener in Frieden fahren” de F. Mehdelssohn

– “Zum Abensegen” de F. Mendelssohn

– “Trauergesang” de F. Mendelssohn

– “Richte mich Gott” de F. Mendelssohn

– “Ave Maria” de A. Bruckner

      (20 minutos)

Intervalo

(5 minutos)

Contextualização do tema em Filme (realizado pelos alunos da Escola Artística António Arroio – (Gravação)

(História dos Judeus/ 2º Guerra Mundial e Holocausto)

(5 minutos)

Alunos da Escola Técnica Profissional de Mafra/ETPM – (Gravação)

(Pequeno excerto de Hitler e Canção “Lili Marlene”/usada pelas tropas alemãs durante a segunda Guerra Mundial)

 (5 minutos)

Contemporâneo com o Bailarino Frederico Oliveira – (Gravação)

Dança/Imagem Guérnica

 (5 minutos)

Contemporâneo com o Grupo de Dança CBM – (gravação)

Polónia

Dança – Contemporâneo

(Primeiro país a ser invadido pelos os alemães)

(5 minutos)

Alunos Agrupamento de Escolas Professor Armando de Lucena / (acompanhado por violinos)

Poema de Bertold Brecht/Primeiro Levaram os Comunistas

(Grupo de Alunos, Ex-alunos e Professores/violinos)

(5 minutos)

Alunos Agrupamento de Escolas Professor Armando de Lucena, CBM e Orquestra Sinfónica de Santo Isidoro

Áustria

Música no Coração

 (Dança/Coreografado – Voz e orquestra)

(5 minutos)

 

Conservatório Silva Marques e Alunos da ETPM

França

Canção “La Vie en Rose”

(Voz acompanhada com acordéon – encenação ETPM)

(5 minutos)

 

Alunos Agrupamento de Escolas Professor Armando de Lucena (Gravação)

Holanda

 Homenagem a Anne Frank

Dança/Coreografada

(5 minutos)

Contemporâneo com o Grupo de Dança CBM (Gravação)

Grécia

(Dança – Contemporâneo/Zorba)

(5 minutos)

Tenor Rui Pedro – Orquestra de Santo Isidoro,

  e CBM

Itália

(Acordéon/tarantela – tocada/cantada e encenada)

(5 minutos)

Alunos do Agrupamento de Escolas Professor Armando de Lucena e

Bailarina Catarina Camocho – (Gravação)

Homenagem a Aristides de Sousa Mendes

(Encenação coreografada e dança contemporânea – Música de Carlos Paredes)

(5 minutos)

 

Contemporâneo com o Grupo de Dança CBM (Gravação)

União Soviética

Dança Carácter e encenação/Kalinka

(5 minutos)

 

Contestação do Povo Judeu

Alunos Agrupamento de Escolas Professor Armando de Lucena (Gravação)

(5 minutos)

 

Agrupamento de Escolas Professor Armando

(Poema escrito por um sobrevivente judeu, de um campo de concentração) e Violinos

(Professora Dália Santos)

(5 minutos)

 

Intervalo

(5 minutos)

Companhia de Dança Amálgama

 Orquestra de Câmara de Santo Isidoro

Coro de Mafra, Coro de Santo Isidoro

Libertação – Chegada dos Aliados

(12 minutos)

 

Testemunho de Judith Hervé

(Judith Hervé, sobrevivente do campo de concentração de Auschwitz). A senhora foi mulher do principal fotógrafo do arquiteto Le Corbusier, um dos principais arquitetos do século XX.

(5 minutos)

Cantores Jorge Vadio e Nuno Barroso

 

(15 minutos)

 

Coro Sinfónico de Lisboa Cantat

Alunos do Agrupamento de Escolas Professor Armando de Lucena

Alunos da Escola Técnica Profissional de Mafra/ETPM

Grupo de Dança CBM (crianças)

Quinta Mágica

  Aleluia do Messias

  Coro – órgão

e

alunos (coreografia e Balões)

 (4 minutos)

Genérico e Agradecimentos

Tenor Rui Pedro e Orquestra de Santo Isidoro

Coro de Mafra

(Amigos Para Sempre)

 

FINAL


Convite da Direcção da AAPI

A AAPI convida tod@s @s @s sóci@s e amig@s que o possam fazer, que se desloquem a Mafra para assistr a este espectáculo de Gente Jovem para Gente Jovem, incentivando dessa forma a luta contra o esquecimento do que foi o Holocausto, o acto mais horrendo da humanidade que hoje tantos querem reabilitar promovendo o seu encobrimento.

Nós nunca esqueceremos

Holocausto nunca mais