Origem da Cabalá – Chabad Portugal

In: http://www.pt.chabad.org/library/article_cdo/aid/1866913/jewish/Origem-da-Cabal.htm

Cabalá

Ensinamentos Místicos foram passados das gerações mais antigas, antes até do recebimento da Torá no Monte Sinai, em 2448 (1313 AEC). À partir desse momento, existe uma tradição clara da transmissão da Torá Oral que foi dada a Moshê na mesma hora que recebeu a Torá escrita.

Não há razão para acreditar que a tradição mística foi perpetuada de uma maneira diferente do resto da Torá Oral. Não obstante, do mesmo jeito que diferentes sábios viraram professores renomados em aspectos específicos da Torá Oral, assim também é com os ensinamentos esotéricos – nem todos os sábios eram bem versados neste campo. Realmente, o Talmud relata que muitos sábios estudaram as tradições esotéricas e muitos deles fizeram maravilhas e milagres. Mas nem todos esses sábios foram conhecidos como estudiosos deste campo.

Em sua época, Rabi Shimon bar Yochai, compilador do Zôhar, e muitos de seus colegas, foram conhecidos mestres da Cabalá. Em algum momento, esses estudos esotéricos foram escondidos, com medo de que fossem cair nas mãos erradas.

Tentamos aqui identificar e clarificar a corrente inquebrável da tradição cabalística de fontes autênticas e tradicionais. A lista abaixo normalmente contém dados biográficos dos mais importantes mestres, como uma tradução de seções de um ou mais de suas obras. Tentamos clarificar também os pontos únicos e inovadores encontrados em alguns dos luminares da Cabalá.