O novo avião da TAP chama-se Aristides de Sousa Mendes e já voa pela Europa

Por Fugas – 09.09.2014
In: http://fugas.publico.pt/Noticias/338854_o-novo-aviao-da-tap-chama-se-aristides-de-sousa-mendes-e-ja-voa-pela-europa


O novo Airbus A319 da TAP foi baptizado em homenagem ao cônsul de Bordéus que desobedeceu a Salazar e salvou milhares de pessoas.

501299

“A atribuição do nome de ‘Aristides de Sousa Mendes’ a um dos aviões da nossa frota é uma honra para a companhia aérea portuguesa, que, deste modo, homenageia simbolicamente a figura e a acção exemplar do cônsul português de Bordéus, levando o seu nome a dezenas de cidades europeias para onde operamos”. Assim resume Luiz da Gama Mór, administrador-executivo da TAP, a decisão de baptizar o Airbus A319, o CS – TTV, que acaba de entrar ao serviço da empresa, no ano em que se assinala o 60º aniversário da morte do diplomata.

O avião homenageia o cônsul de Portugal em Bordéus na altura da invasão de França pela Alemanha durante a 2.ª Guerra Mundial. Desobedecendo a ordens do Governo português, o cônsul passou vistos a mais de 30 mil pessoas, incluindo muitos cidadãos judeus, permitindo-lhes a fuga aos nazis e ao Holocausto.

O “Aristides Sousa Mendes” da TAP realizou o seu primeiro voo a 6 de Setembro, estreando-se com a rota Lisboa-Madrid. Passando a integrar a frota de médio curso, voará pelos”céus da Europa para os 55 destinos servidos pela companhia”.

A chegada do avião representa também o completar do plano de reforço da frota da companhia para esta temporada. O aparelho é “o último da série de seis novos aparelhos – dois A319, dois A320 e dois A330 – que entraram recentemente em operação”, informa a TAP. O reforço destina-se a suportar as “11 novas linhas entretanto inauguradas e o aumento da operação para outros destinos da rede”.

Em comunicado, a Fundação Aristides de Sousa Mendes também demonstrou a sua satisfação pelo baptismo escolhido, considerando-o “um momento de regozijo e de grande simbolismo porquanto, ao ser levado a dezenas de cidades europeias, lembrará perenemente que há momentos na vida em que só pela desobediência poderemos evitar o sofrimento dos outros”.