Ética dos Pais (“Pirkei Avot”) – Capítulo 1

In: http://www.pt.chabad.org/library/article_cdo/aid/1090307/jewish/tica-dos-Pais-Captulo-1.htm
  1. Moshê recebeu a Torá no Sinai e a transmitiu a Yehoshua; Yehoshua aos Anciãos; os Anciãos aos profetas; e os Profetas transmitiram-na aos Homens da Grande Assembléia. Estes [os Homens da Grande Assembléia] disseram três ditos: Sejam prudentes no julgamento; formem muitos discípulos; e ergam uma cerca para a Torá.
  2. Shimon, o Justo, foi um dos últimos [membros] da Grande Assembléia. Ele costumava dizer: O mundo apoia-se sobre três coisas – o estudo da Torá, o serviço a D’us, e os atos de bondade.

  3. Antígono de Sochó, recebeu [a tradição oral] de Shimon o Justo. Ele costumava dizer: Não sejam como os sevos que servem a seu amo apenas com o intuito de receber a recompensa; mas sim, sejam como os servos que servem a seu amo sem o intuito de serem recompensados; e que o temor do[que habita no]s Céus paire sobre vocês.
  4. Yossi ben Yoézer de Tseredá e Yossi ben Yochanan de Jerusalém, receberam [a tradição oral] deles [dos precedentes]. Yossi ben Yoézer de Tseredá, disse: Que a tua casa seja um local de reunião para os Sábios; sente-se no pó aos pés deles; e beba sedento as suas palavras.
  5. Yossi ben Yochanan de Jerusalém, disse: Seja a tua casa espaçosamente aberta [para os hóspedes]; trate os pobres como membros de sua família; e não prolongue em conversar com uma mulher. Eles o dizem a respeito da própria esposa, quanto mais a esposa do proximo. Por isso, os Sábios disseram: Todo aquele que conversa excessivamente com uma mulher prejudica a si próprio, negligencia o estudo de Torá e por fim herdará o Guehinom (Purgatório).
  6. Yehoshua ben Perachyá e Nitai de Arbel receberam [a tradição oral] deles [dos precedentes]. Yehoshua ben Perachyá disse: Estabeleça para ti um mestre; adquira para ti um amigo, e julgue cada pessoa favoravelmente.
  7. Nittai de Arbel disse: Mantenha-se distante do mal vizinho; não te associe a um homem perverso; e não abandones a crença na retribuição [Divina].
  8. Yehudá ben Tabbai e Shimon ben Satach receberam [a tradição oral] deles [dos precedentes]. Yehudá ben Tabbai disse: não aja como conselheiro [Quando atuar como juiz]; quando os litigantes estiverem à sua frente, considere-os ambos culpados; mas quando partirem de ti, considere-os ambos inocentes, desde que tenham aceitado a sentença.
  9. Shimon ben Shatacj disse: Interrogue as testemunhas minuciosamente; e seja cauteloso com as tuas palavras, pois talvez por meio delas aprendam [as testemunhas ou os litigantes] a mentir.
  10. Shemayá e Avtalyon receberam [a tradição oral] deles [dos precedentes]. Shemayá disse: Ame o trabalho; abomine altos cargos; e não busque envolvimento com o poder governante.
  11. Avtalyon disse: Sábios, sejam cuidadosos com vossas palavras, pois poderão ser penalizados ao exílio e serem banidos para um lugar de águas malignas [heresia]; seus discípulos que vos seguirem até lá poderão beber delas e perecer, e em conseqüência o nome do[que habita no]s Céus será profanado.
  12. Hilel e Shamai receberam [a tradição oral] deles [dos precedentes]. Hilel disse: Seja dos discípulos de Aharon, ama a paz, procura a paz, ama as criaturas e as aproxima para a Torá.
  13. Ele costumava dizer: Aquele que persegue a fama perde sua reputação; aquele que não aumenta [os seus conhcimentos de Torá] os diminui; aquele que se recusa ao estudo [da Torá] merece a morte; e aquele que explora a coroa [da Torá, para seus preoprios interesses] perecerá.
  14. Ele costumava dizer: Se eu não for por mim, quem será por mim? E se estou apenas para mim, o que sou eu? E se não agora, quando?
  15. Shamai disse: Estabeleça para ti um tempo fixo para teu estudo da Torá; fale pouco e faça muito; e receba toda pessoa com uma face alegre [afabiblidade].
  16. Rabban Gamliel costumava dizer: Estabeleça para ti um mestre e abstenha-se da dúvida; e não dê o dízimo por valor adivinhado [cálculo aproximado], mesmo excedendo a quantidade estipulada.
  17. Shimon, seu filho, disse: Todos os dias de minha vida fui criado entre os Sábios e não encontrei nada que fosse melhor para a pessoa que o silêncio; não é o estudo que é o principal, e sim a pratica; e todo aquele que fala demais traz [favorece] o pecado.
  18. Rabban Shimon ben Gamliel disse: O mundo perdura em virtude de três coisas – justiça, verdade e paz, como foi dito: “Verdade e julgamento de paz você deve administrar em seus portais.” (Zecharyá 8:16).